Trabalhe com a Gente

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

[VÍDEO] Boris Feldman, jornalista do AutoPapo, fala sobre desvios do dinheiro do DPVAT

Depoimento foi enviado com exclusividade à UrGenteNews
11/08/2020

[TRANSCRIÇÃO]

“Olha, já tem uns 10 anos que eu estou de olho neste seguro obrigatório, o DPVAT, e na Seguradora Líder, aquele monopólio que controla esse volume absurdo de dinheiro. O que me chamou atenção primeiro foi o volume de dinheiro envolvido, em segundo lugar o destino destas verbas, que eram para o SUS, para os corretores, para o Denatran, para fazer uma publicidade pela campanha do trânsito… Tudo meio mal explicado. Até que eu percebi que essa maracutaia que estava surgindo por trás de todos esses números começou a ser investigada aqui em Minas Gerais na operação Tempo de Despertar. Polícia federal e Ministério Público em Montes Claros saíram atrás das maracutaias e quanto mais mexia mais fedia, era um escândalo, um verdadeiro assalto à mão armada ao nosso dinheiro.

Porque não só a própria Seguradora Líder desviava recursos com contratos falsos, ela contratava parente, amigo do tio, mãe do vizinho, para serem consultores, assessores, prestarem serviços jurídicos que nunca existiram e o dinheiro ia embora. Por outro lado, uma outra organização criminosa para falsificar os boletins de ocorrência, os sinistros… O cara que se acidentava num jogo de futebol e simulava um acidente de trânsito para ter direito a indenização… E assim que as coisas foram correndo, e essa operação Tempo de Despertar relacionou toda essa patifaria com os nomes dos diretores da Seguradora Líder, de médicos, enfermeiros, assistentes, advogados que montaram essa maracutaia para tomar o dinheiro da Líder.

Aí eu pensei, dessa vez não vai ter jeito, não vai ter escapatória, esse pessoal vai ser indiciado, julgado e preso, o dinheiro vai ser devolvido aos cofres públicos… Mas nada aconteceu.

No ano passado o presidente Bolsonaro tentou derrubar o DPVAT e a Seguradora Líder e por enquanto não aconteceu nada. O que está previsto para o próximo ano e que eu espero que a Susep dê realmente um jeito nisso é extinguir a Seguradora Líder, acabar com esse monopólio e que o seguro dos acidentes de automóveis seja feito exatamente como você segura o seu carro: chama a sua corretora, a sua seguradora. Cada um que se habilite, cada um que faça a melhor proposta, não é assim que você contrata o seguro para o seu carro? Você vai contratar assim também o seguro para cobrir os acidentes de trânsito. Se o corretor ou a corretora trabalham, eles serão remunerados por isso, mas não você ser forçado a pagar junto com o seu IPVA um valor absurdo para a seguradora líder, um outro valor absurdo para os corretores que nada fizeram, se o seguro é obrigatório.

Então agora, a partir do próximo ano, a gente imagina que esse seguro obrigatório seja colocado nos eixos, que termine essa roubalheira desenfreada que vem acontecendo de bilhões e bilhões de reais nos últimos anos. Será que dessa vez as coisas vão se corrigir?”

© Gente Seguradora - 2019 - Todos os direitos reservados
Phurshell
× Como posso te ajudar?