Trabalhe com a Gente

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Fraudes do Seguro DPVAT prejudicam o SUS

Rombo na verba repassada ao SUS é de R$ 7,5 bilhões e impacta diretamente a combalida saúde pública brasileira
21/05/2019

O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) aprovou no fim do ano passado a redução nos valores do seguro obrigatório DPVAT. A taxa é paga anualmente por todos os condutores brasileiros. Desde 2016, o valor do DPVAT vem diminuindo, o que é bom para o proprietário de automóvel. Mas essa ação traz uma consequência grave: a verba repassada ao Sistema Único de Saúde (SUS) diminui 85% entre 2016 e 2019.

Isso acontece, pois 45% do que é arrecadado com o seguro obrigatório é repassado ao SUS. Se diminui o valor pago pelo cidadão, o repasse também é reduzido.

Boris Feldman destrincha os números e mostra o tamanho do rombo na saúde pública brasileira.

Veja o vídeo!

Entenda a redução do seguro obrigatório DPVAT

De acordo com o Ministério da Fazenda, a diminuição nos valores ocorreu devido a um acúmulo de reservas técnicas pela administração do Seguro DPVAT.

“A redução dos prêmios tarifários foi possível devido ao montante de recursos acumulado em reservas técnicas superior às necessidades atuariais do Seguro DPVAT. Tal excesso é consequência das ações de combate à fraude que levaram à uma redução significativa dos sinistros somado à rentabilidade dos recursos acumulados”, divulgou o órgão.

Como já foi mostrado pelo AutoPapo em cobertura das fraudes do seguro obrigatório DPVAT, a Seguradora Líder, consórcio de companhias de seguro responsável por administrar o seguro, cobrou um valor maior do que o necessário dos contribuintes. Foram R$ 4.8 bilhões arrecadados indevidamente pelo Estado para este conglomerado de empresas privadas

São esses R$ 4,8 bilhões, que nunca foram devolvidos ao povo, que compõem as “reservas técnicas” da Seguradora Líder e possibilitaram essa drástica diminuição nos valores do seguro obrigatório.

© Gente Seguradora - 2019 - Todos os direitos reservados