Trabalhe com a Gente

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

O maior número de indenizações do DPVAT vão para jovens

Faixa etária de 18 a 34 anos é a mais atingida pelos acidentes de trânsito; motociclistas lideram entre as vítimas do asfalto
03/07/2019

Os dados do Seguro DPVAT revelam que os jovens são as principais vítimas das ocorrências, principalmente quando estão no comando da direção e sob efeito de bebida alcoólica. Dos mais de 191 mil motoristas indenizados no ano passado, cerca de 103 mil tinham entre 18 e 34 anos. Deste total, 62% eram condutores de motocicletas.

Se analisados todos os tipos de vítima nessa faixa etária (motorista, passageiro e pedestre), o veículo de duas rodas são as principais causas dos acidentes, registrando cerca de seis vezes mais pagamentos.

Segundo os dados da administradora do Seguro DPVAT, além dos benefícios pagos por acidentes com motocicletas, os jovens também concentram a maioria dos pagamentos por ocorrências fatais no período, com cerca de 40% dos sinistros. São Paulo, Minas Gerais e Paraná lideram o ranking de estados com maior número de indenizações por morte para jovens. Já Roraima, Amapá e Acre ocupam as últimas posições.

Em relação às demais coberturas oferecidas pelo Seguro (invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e suplementares), a soma é de 43% do total de benefícios pagos em 2018. O índice representa cerca de 140 mil pagamentos por acidentes.

A faixa etária ainda merece destaque quando observados os pagamentos por acidentes envolvendo motocicletas. Enquanto os automóveis registraram 20.054 benefícios pagos, o veículo de duas rodas somou 128.708 indenizações destinadas aos jovens. O número equivale a 52% de todos os benefícios pagos por ocorrências com motos no país.

© Gente Seguradora - 2019 - Todos os direitos reservados