Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Fonte: ANS

Número de beneficiários de planos de saúde se aproxima da marca de 49 milhões

O crescimento é observada desde julho de 2020, o que confirma o interesse dos brasileiros no acesso à saúde suplementar
27/01/2022

Com base em dados do Boletim Covid-19, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o número de beneficiários de planos de saúde se aproximou da marca de 49 milhões, em dezembro de 2021, o que representa um aumento de 0,58% em relação ao mês anterior.

A taxa de adesão (entradas), considerando todos os tipos de contratações, é superior à taxa de cancelamento (saídas) nos planos médicos hospitalares. O tipo de contratação responsável por esta superioridade é o coletivo empresarial que se mantém, desde julho de 2020, com mais entradas do que saídas de beneficiários.

O número preliminar de beneficiários em planos de assistência médica relativo a dezembro segue a tendência de crescimento observada desde julho de 2020, o que confirma o interesse dos brasileiros no acesso à saúde suplementar.

Sinistralidade – No encerramento de 2021, tanto o 3º quanto o 4º trimestre apresentam sinistralidade (despesas/receitas assistenciais) anual no mesmo patamar dos dois últimos trimestres de 2019 (período pré-pandemia), com leve aumento de um ponto percentual de novembro para dezembro do último ano.

A taxa de sinistralidade anual em 2021 foi de 78%, sendo inferior à de 2019 (81%). Ao comparar 2019 com 2021, observam-se mais operadoras com sinistralidade abaixo de 80% (47% x 54%), e menos operadoras com sinistralidade maior que 100% (8% x 7%).

Em variadas óticas (seja avaliando a sinistralidade através da mediana ou do agregado, seja analisando a diferença entre receitas e despesas no agregado ou por beneficiário), se comparado com ano pré-pandemia, o saldo é positivo para as operadoras da amostra no acumulado de dois anos de pandemia.

Amostra – Para os índices econômico-financeiros, a ANS analisou dados de 104 operadoras. Juntas, elas respondem por 73% dos beneficiários de planos de saúde médico-hospitalares. Adicionalmente, na construção do boletim, também foram utilizados dados do Documento de Informações Periódicas (DIOPS), do Sistema de Informações de Fiscalização (SIF) e o Sistema de Informação de Beneficiários (SIB).

 

© Gente Seguradora - 2022 - Todos os direitos reservados
Phurshell
× Como posso te ajudar?