Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Foto: Paramont

DPVAT vira filme de comédia

Vai Dar Nada, filme da Paramont, primeira produção exclusiva da plataforma gravada no Brasil, coloca em seu roteiro o Seguro DPVAT
23/05/2022

Desvios bilionários apontados pela operação Tempo de Despertar, realizada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, com o envolvimento do Tribunal de Contas da União, Ministério da Economia e Susep. Uma CPI no Congresso Nacional, ardilosamente desmantelada pela Seguradora Líder. Apesar de todos os esforços, nenhum centavo foi devolvido e ninguém foi preso.

Será que o Seguro DPVAT só serviu para fazer um filme de comédia?

A impunidade incentiva ao crime!

 

Notícia replicada do site Metrópoles

Paramount+ lança Vai Dar Nada, comédia nacional com Katiuscia Canoro

Filme é a primeira produção do streaming realizada no Brasil e também conta com Cauê Campos, Jéssica Barbosa e Rafael Infante no elenco

 

O Paramount+ lançou o filme Vai Dar Nada na quarta-feira, 18 de maio. Escrito por Guel Arraes e Jorge Furtado e com Cauê Campos, Jéssica Barbosa, Katiuscia Canoro e Rafael Infante no elenco, o longa-metragem é a primeira produção exclusiva da plataforma de streaming gravada no Brasil.

A história escolhida para a comédia gira em torno do DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), também conhecido como seguro de trânsito.

“Eu e Guel Arraes estávamos pesquisando coisas sobre o Brasil e encontramos uma história real, trágica e cômica de um rapaz que queria vender uma moto, mas sofria com leis sobrepostas da polícia, da milícia, do tráfico e da sobrevivência. Percebemos que isso dava muita comédia e, conforme a trama se desenrolava, foi ficando cada vez mais engraçado. O compromisso principal do filme é de fazer rir, mas com um riso que transforma e faz pensar também”, conta o diretor Jorge Furtado.

© Gente Seguradora - 2022 - Todos os direitos reservados
Phurshell
× Como posso te ajudar?