Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Foto: Montagem AutoPapo | Ernani Abrahão Fonte: Boris Feldman I AutoPapo

DPVAT: rindo de que?

Foram mais de R$ 4 bilhões que sobraram no final de 2020, suficientes para indenizar as vitimas de trânsito de 2021. E que também o serão para 2022, tamanha foi a roubalheira da Seguradora Líder. E, aliás, ninguém preso até hoje
07/02/2022

Muitos motoristas ficaram felizes por não ter de pagar novamente este ano o DPVAT, o seguro obrigatório contra terceiros.

Mas ficariam tristes se soubessem da origem destes recursos: seu próprio bolso.

Na verdade, a Caixa Federal, que agora está administrando o DPVAT, recebeu, da antiga seguradora Líder, recursos bilionários para indenizar as vítimas de acidentes de trânsito.

Foram mais de R$ 4 bilhões que sobraram no final de 2020, suficientes para indenizar as vitimas de trânsito de 2021. E que também o serão para 2022, tamanha foi a roubalheira da Seguradora Líder. E, aliás, ninguém preso até hoje, apesar de toda a maracutaia fartamente comprovada e detalhada pelo Ministério Público e Policia Federal.

Na verdade, não cobrar o DPVAT nestes dois anos foi a solução mais simplória para devolver ao motorista todo o valor de que ele foi roubado pela Líder nos últimos anos. A fórmula correta seria devolver tudo o que lhe foi cobrado a maior.

Ou seja, foi o próprio motorista que contribuiu para este gigantesco (e irregular) fundo de caixa do seguro obrigatório.

Então, vale perguntar: feliz por não pagar o DPVAT? Rindo porque foi roubado durante anos?

LEIA TAMBÉM

© Gente Seguradora - 2022 - Todos os direitos reservados
Phurshell
× Como posso te ajudar?