fbpx

Trabalhe com a Gente

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Foto: Metro Jornal

Acidentes de caminhões em Minas Gerais é o maior em pagamento do Seguro DPVAT

As horas em excesso ao volante e longas distâncias percorridas fazem com que a profissão de caminhoneiro seja uma das mais perigosas
18/09/2019

Em 2018, o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores (DPVAT) pagou 11.996 indenizações para motoristas e familiares de motoristas de caminhão. Desse total, mais de três mil benefícios foram em decorrência de vítimas fatais, os dados são da Administradora do Seguro Obrigatório.

O estado de MG registrou o maior número de pagamentos por acidentes envolvendo caminhões, o número de 1.944 é alarmante, e soma o total de 16% de sinistros pagos no país. São Paulo aparece em segundo lugar, com 1.579 indenizações, seguido por Paraná, com 1.087, Rio Grande do Sul, com 893, e Santa Catarina, com 888.

Outro dado que chama a atenção é em relação aos acidentes envolvendo pedestres. Os veículos pesados foram responsáveis por 5.052 pagamentos do Seguro DPVAT. Desses, mais de 1.600 foram por morte e 2.726 receberam o benefício por invalidez permanente. Já os passageiros de caminhões somaram 2.356 indenizações, sendo 1.219 por invalidez permanente, 680 por morte e 457 por Despesas de Assistência Médica e Suplementares (DAMS).

As horas em excesso ao volante e longas distâncias percorridas fazem com que a profissão de caminhoneiro seja uma das mais perigosas, envolvendo grande risco de acidente. Segundo o estudo, a maioria dos casos ocorreu por falha humana, desde cansaço e falta de atenção até descumprimento das leis de trânsito, fator de grande preocupação entre as autoridades.

© Gente Seguradora - 2019 - Todos os direitos reservados