Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Mato Grosso quer hospitais informando direito das vítimas

No Mato Grosso, a obrigatoriedade de hospitais divulgarem informações sobre o seguro DPVAT está perto de virar lei, de acordo com informações divulgadas dias atrás pela Assembleia Legislativa do estado. É que a Comissão de Constituição, Justiça
25/07/2017

No Mato Grosso, a obrigatoriedade de hospitais divulgarem informações sobre o seguro DPVAT está perto de virar lei, de acordo com informações divulgadas dias atrás pela Assembleia Legislativa do estado (ALMT). É que a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Casa emitiu parecer favorável ao projeto de lei (PL) que trata da matéria, autoria do deputado Oscar Bezerra (PSB).

A proposição dispõe sobre a exposição de informações sobre a disponibilidade de recursos indenizatórios para pessoas que sofrem acidentes de trânsito. Pela proposta, os hospitais públicos e privados conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado de Mato Grosso ficam obrigados a tornar públicas as informações acerca do seguro, afixando aviso sobre o direito de recebimento da indenização.

Tais avisos deverão constar em cartazes afixados em locais de fácil localização e visualização, com a informação de que não há a necessidade de intermediários para requerer a indenização do seguro DPVAT e a documentação necessária para efetivar o pagamento.

Para o presidente da CCJR, Pedro Satélite (PSD), esse PL poderá facilitar o acesso ao seguro e evitar que pessoas se utilizem dessas informações para explorar quem não tem conhecimento. “Muitas pessoas não conhecem os trâmites e contratam terceiros para isso, sendo que não há necessidade”, aponta o deputado.

A finalidade do DPVAT é amparar as vítimas de acidentes de trânsito em todo o País. “O fato é que, devido à quase inexistente informação sobre o assunto, muitos acabam arcando com despesas pessoais decorrentes de sinistros automobilísticos”, explica o autor do PL, Oscar Bezerra. Na avaliação dele, “todos pagam o DPVAT, mas poucos sabem qual sua utilidade, haja vista que é muito baixo o índice de solicitações em comparação com o número de sinistros”. Ele comenta que algumas pessoas sequer imaginam que o DPVAT é destinado a amparar as vítimas dos acidentes de trânsito em todo o território nacional.

Sem citar a fonte do número, ele diz, ainda ao justificar o PL, que “apenas cerca de 8% das pessoas envolvidas nos acidentes com vítima e que teriam direito a receber o valor do seguro, dão entrada na documentação”.

Categorias: Notícias
© Gente Seguradora - 2019 - Todos os direitos reservados