Trabalhe com a Gente

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Foto: Ascom SSP/SE Fonte: soudesergipe.com

Cinco presos e seis pessoas procuradas por fraude em seguro DPVAT

A Polícia Civil cumpre mandados judiciais e continuam à procura de outros suspeitos
10/12/2018

Equipes da Delegacia Regional de Propriá realizaram diversas ações e prenderam vários envolvidos em fraudes no Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), configurando estelionato. As detenções ocorreram durante os últimos dois meses em cumprimento a mandados de prisão.

De acordo com o delegado João Eduardo, o consórcio de seguradoras responsável pelo seguro forneceu diversas informações sobre suspeitas de fraude no seguro DPVAT, tendo como beneficiários titulares de contas bancárias vinculadas a agências localizadas na cidade de Propriá.

Diante das informações, foram iniciadas as investigações e instaurados 26 inquéritos policiais, que apontaram a atuação de organizações criminosas responsáveis por prejuízos estimados em R$ 300 mil. Os seguros eram solicitados a partir de acidentes de trânsito que nunca existiram, resultando em pagamentos por morte ou invalidez.

Segundo as investigações, a organização criminosa atuava em todo o município, abordando pessoas que, diante da justificativa de que era um empréstimo bancário ou recebimento de “dinheiro de fundos perdidos”, acabavam fornecendo dados da conta bancária. Os integrantes do grupo falsificavam os documentos e sacavam o benefício junto ao titular da conta.

No decorrer da ação do grupo, titulares de algumas contas tornaram-se intermediários do golpe, já que passaram a receber comissões por parte da associação criminosa. As investigações foram concluídas e encaminhadas ao Poder Judiciário, o qual indiciou integrantes do grupo e donos de contas.

O delegado ainda ressaltou o empenho da agente Bruna Girard no processo investigativo, organizando a documentação e auxiliando na reunião das provas; considerando que o grupo variava a localidade da confecção dos documentos, referentes aos supostos acidentes e dos falsos boletins de ocorrência prestados pelos envolvidos na fraude.

Com a conclusão das investigações, foram presos Carlos Roberto Ferreira Lima, Julio Vieira Feitoza, Audálio de Farias Santos e Petrúcia Santos Silva Farias. Já Wilamis Sérgio dos Santos encontra-se em prisão domiciliar. As buscas continuam para chegar até Gilvânio Gomes da Silva, Sirlance Farias Santos Costa, Valcira da Silva Guimarães, Antônio Carlos Vieira, Cleovânia Dias de Oliveira e José Augusto Vieira de Souza.

A Polícia Civil pede que informações e denúncias sobre a localização dos foragidos sejam repassadas por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181; ou pelo aplicativo Disque-Denúncia SE.

© Gente Seguradora - 2019 - Todos os direitos reservados