fbpx

Cotação Seguro de Vida

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Residencial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Empresarial

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Automóvel

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Cotação Seguro Pessoal

Olá, sou o gentil, quero conhecer um pouco de você.

É rápido, basta preencher os dados abaixo e selecionar a forma de atendimento.

Foto: Ricardo Bastos Fonte: SPTV2

Acionamentos de seguros por enchentes em março aumentam 560% em São Paulo, diz empresa

Mesmos nos planos completos, as seguradoras não indenizam quando consideram que o motorista colocou o carro em risco
20/03/2019

O número de acionamento de seguros por enchentes subiu 560% em março deste ano em relação a março do ano passado, segundo uma seguradora.

O número de mortos no estado de São Paulo por causa das chuvas do verão deste ano também aumentou: quase quatro vezes em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a Defesa Civil. Entre dezembro de 2017 e março de 2018, 10 pessoas morreram no estado. Já entre dezembro de 2018 e março deste ano, foram 38 mortes.

Em uma oficina da Zona Sul de São Paulo, o dono conta que o movimento está acima da média. Vários clientes foram surpreendidos na hora de acionar o seguro, segundo ele.

“Você vai conhecer a sua seguradora a hora que você for precisar. O que eu falo ao consumidor é isso: preste atenção ao que assina, se tem cobertura total, porque muitas vezes não há”, diz Wellington Carlos Lopes da Costa, sócio da oficina.

Há vários tipos de planos. Mesmos nos completos, as seguradoras não indenizam quando consideram que o motorista colocou o carro em risco.

“Não é que a enchente aparece e ele não consegue tirar o veículo. Ele simplesmente vai e tenta passar — nesses casos, ele assumiu o risco do problema, e aí a seguradora pode questionar a responsabilidade dele”, explica Igor Marchetti, advogado do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

Já nos casos em que o carro estava estacionado em uma rua ou numa garagem inundadas, a seguradora tem obrigação de cobrir o dano. Se ela se recusa, o jeito é entrar na Justiça para tentar recuperar o prejuízo. De acordo com a Superintendência de Seguros Privados, não há uma regra que obrigue as seguradoras a cobrir danos de enchentes — cabe ao consumidor ficar atento às cláusulas de exclusões previstas na apólice.

© Gente Seguradora - 2019 - Todos os direitos reservados